Sobre


"Reza a lenda que a imagem gravada na fotografia é a própria sombra da pessoa que ali foi gravada. No filme, elas ganham vida, e retornam para a realidade.

Fotografar Pessoas, locais e paisagens e transformar momentos em doces lembranças é o que torna arte o trabalho de Wagner Tibiriçá.

Com uma base sólida e vários anos de experiência, suas imagens traduzem sua sensibilidade. São poesias que ele compartilha em forma de trabalho e dedicação."

Marco Diniz. Mestre em Cinema e Professor de francês em Montreal. Canadá. 




Meu primeiro contato com a fotografia, aos oito anos de idade, foi através do Sr. Nilson, que era fotógrafo em Belo Horizonte.

Esta fotografia ao lado, foi feita por ele, em um dia de pura alegria infantil, dia de aniversário.

Já se vão décadas desde este momento.

É algo mágico esta alegria que a fotografia nos proporciona e nos permite reviver. Tenho grande apreço por esta questão de capturar um breve recorte do tempo e tê-lo para sempre.

Eles não se repetem, de forma alguma: são únicos.

Ao recordá-los, principalmente quando se passam alguns longos anos, digo, através de uma fotografia, a recordação nos faz sentir maravilhosos, maravilhados por nos fazer a gentileza de resgatar dos arquivos da memória, aqueles que ficam bem escondidos lá no inconsciente e que nem sabemos que existem, mas ao ver uma foto eles são trazidos imediatamente, instantaneamente, sem aviso para a sala de estar da memória.

Qual seria o preço disso? Eu respondo: não existe preço para as emoções.

Sou e serei eternamente grato. Sr. Nilson, muito obrigado.

A fotografia nos proporciona esta indizível alegria, esta fina iguaria da alma, que todos nós temos no inconsciente, mesmo sem querer ou sem saber.

Ela, é um dos poucos elementos etéreos que nos permitem acessar as lembranças que a vida nos presenteia amorosamente.

Daí vem o meu amor pelas imagens.

Wagner Tibiriçá.

Fotografia Fine Art - Belo Horizonte - Minas Gerais / Brasil